“A coroa irrelevante no trono da mediocridade”: uma análise de gênero e raça sobre os concursos Miss America e Miss Black America de 1968

 

Nos Estados Unidos em 7 de setembro de 1968 o concurso Miss America foi alvo de dois simultâneos protestos: o “No More Miss America”, protesto feminista contra o patriarcado e a ditadura da beleza, e o concurso Miss Black America, uma resposta do movimento nacionalista negro à proibição de participantes negras no concurso original. A respeito dos supostos embates entre esses dois movimentos, e também sobre Florynce “Flo” Kennedy (1916-2000), uma figura emblemática dentro desse “combate”, o grupo PET História publica seu 15° resultado preliminar de pesquisa do Projeto “1968: imagens, contracultura, guerra e revolução”. Boa leitura!

Link para o 15º resultado preliminar de pesquisa “A coroa irrelevante no trono da mediocridade”: uma análise de gênero e raça sobre os concursos Miss America e Miss Black America de 1968: https://drive.google.com/file/d/1L8L9HlHSBihWUYjZg6SoC4_2SU9HoEbD/view?usp=sharing

Link para o projeto coletivo “1968: imagens, contracultura, guerra, revolução”: https://drive.google.com/file/d/1gVcJqGSACchnHMozqh04PjY18ROGorDn/view?usp=sharing